Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Deus está cobrando a igreja para “ser fiel à Palavra e falar a verdade”, diz evangelista

Compartilhe:
wanda-alger-1024x576-770x433

A evangelista Wanda Alger possui 35 anos de experiência no ministério cristão de ensino bíblico, conferência e trinamento bíblico. Ela e o seu marido, Bobby Alger, são algumas das vozes mais ouvidas nos Estados Unidos acerca desses temas e um dos alertas que chamou atenção nos últimos dias foi sobre como os líderes estão lidando com a cultura atual.

Enfatizando mais o papel dos pastores na condução das suas igrejas, Alger alertou para o perigo de se adaptar ao “politicamente correto” para querer atrair novos membros, e com isso deixar de anunciar a verdade do evangelho.

 

“Não ceda à tentação de comprometer a Palavra de Deus por causa de um maior número de seguidores”, disse ela. “Não permita que o fascínio da plataforma distraia você de pregar a justiça e a santidade”.

Para Alger, Deus cobra dos líderes que preguem a Verdade e permaneçam fiéis à Palavra e não aos costumes desse mundo. “Há um aviso sendo emitido do céu para você permanecer firme, ser fiel à Palavra de Deus e falar a verdade”, escreveu ela em um artigo para o Charisma News.

O mundo precisa de uma direção

Alger ressaltou que anunciar a Verdade das Escrituras é uma necessidade, pois o mundo carece de orientação e referência, sendo o evangelho de Jesus Cristo a maior de todas, condição indispensável para a salvação espiritual da humanidade.

“O equilíbrio entre pregar a Palavra de Deus e não ofender as ovelhas é cada vez mais desafiador. As questões divisivas que estão sendo tratadas estão nos forçando a fazer escolhas difíceis. Até o mundo está olhando para os líderes da igreja em busca de direção”, destaca.

“Ou a gente se apoia nos padrões imutáveis das Escrituras, ou comprometemos a mensagem pensando que estamos apelando para as massas. Qual será o custo se não defendermos a verdade?”, completa.

Finalmente, Alger conta um sonho que teve, onde sugere ter visto líderes desejando atrair atenção para si. Isto é, preocupados mais com a própria imagem e em ter que agradar pessoas do que cumprir o dever de anunciar o evangelho da forma como ele é. Ela disse que os que não perceberem esse erro “ficarão cegos”.

“Se os líderes da igreja comprometerem a Palavra de Deus por uma mentira e cederem às multidões que querem uma desculpa para pecar, não somente esses líderes ficarão cegos para o que Deus está realmente fazendo, mas eles perderão totalmente a colheita vindoura”, conclui. Com informações: Guiame.

Deixe seu comentário: